‘Aula Digital’ chega a novas escolas de Manaus


Cinquenta e sete novas escolas municipais passaram a integrar o projeto Profuturo Aula Digital, realizado em Manaus pela Fundação Telefônica Vivo em parceria com a Fundação Vitória Amazônica (FVA) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento de pactuação com os gestores das instituições de ensino aconteceu nesta quinta-feira (30), no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM). Com as novas adesões, o número de escolas atendidas na capital amazonense pelo programa de educação tecnológica chega a 265, nas zonas urbana, rural e ribeirinha.

Durante o encontro de boas-vindas aos gestores, a representante da Telefônica Vivo e responsável pelo projeto em Manaus, Jussinaide Ribeiro, comentou sobre a expectativa para a nova fase do Aula Digital na cidade. “Esperamos que ele seja um diferencial na vida de mais crianças e professores e que faça a diferença nas práticas pedagógicas”, disse.

Ela também destacou o trabalho em conjunto com a FVA na execução do projeto ao longo dos últimos dois anos: “Isso conta muito para nós, porque sem as parcerias o projeto não acontece, e a FVA é o tipo de parceria comprometida, desde a gestão até os formadores que estão colocando a mão na massa no dia a dia”.

Segundo a Gerente de Tecnologia Educacional da Semed, Aldemira Câmara, o objetivo é implementar o Aula Digital em todas as Escolas do Ensino Fundamental I. “Esse projeto não traz problemas, traz soluções, e já vem dando bons frutos e bons resultados. Não se trata de apenas colocar um tablet na mão do aluno, mas fazer isso dentro do contexto escolar, para melhorar o aprendizado e os índices educacionais. Manaus foi a primeira capital a implementar essa iniciativa e por isso é referência para o Brasil, sem dúvida estamos fazendo a diferença”.

A Coordenadora Executiva Adjunta da FVA, Ana Cristina Ramos, reforçou que o time de colaboradores do Aula Digital estará à disposição das 57 novas escolas durante a implementação do projeto, processo que envolve a formação continuada de gestores, professores, pedagogos e técnicos. “Na FVA trabalhamos com diálogo, compromisso e transparência. É assim que nós queremos somar ao que já vem sendo feito nas escolas”, afirmou.

Colaboradores da FVA formarão professores, gestores e pedagogos (foto: Vanessa Costa)

Elza Araújo é pedagoga da Escola Municipal Prof. Davison de Araújo Pereira, localizada no bairro Tancredo Neves, e fez um relato sobre a sua experiência com o Aula Digital durante o evento de pactuação com os gestores. Segundo ela, os indicadores da escola no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) aumentaram desde a implementação do projeto.

“Eu vi uma evolução. A evasão escolar diminuiu, e até o êxodo urbano, que é um problema que temos, porque o filho dizia para a mãe que não queria sair da escola, tudo porque tinha um diferencial na sala de aula. Se vocês encantarem os professores e realmente vestirem a camisa, essa não vai ser mais uma ferramenta e um recurso, mas ‘a’ ferramenta e ‘o’ recurso”.

INOVAÇÃO EDUCACIONAL

O Profuturo Aula Digital é uma iniciativa global da Fundação Telefônica (Espanha) e Fundação Bancária La Caixa. O projeto tem como missão facilitar o acesso à educação de qualidade para crianças por meio das ferramentas digitais.

Após a fase de formação dos atores envolvidos, o Aula Digital entrega às escolas kits tecnológicos contendo 34 tablets, 1 notebook, roteador, data show, tela para projeção, entre outros equipamentos, que irão auxiliar os professores na aplicação de conteúdos lúdicos e interativos em sete eixos temáticos: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Cidadania e Convivência para a Paz, Tecnologia, Maneiras de Pensar e Agir e Vida Saudável.

Share this post

Translate »