You are currently viewing Atores da área de turismo participam de encontro em Novo Airão

Atores da área de turismo participam de encontro em Novo Airão

Oficina contou com a presença de operadores de turismo, representantes dos governos estadual e municipal

A 2ª Oficina de Roteiros Integrados de Visitação do Mosaico do Baixo Rio Negro, realizada nesta sexta-feira (26), no Espaço FVA, em Novo Airão, reunindo diversos atores com atuação na área do turismo e sustentabilidade.

O evento é realizado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Fundação Vitória Amazônica (FVA) e tem como objetivo mapear recursos, atrativos e serviços turísticos locais das UCs com potencial de visitação no âmbito do Mosaico do Baixo Rio Negro (MBRN).

A primeira oficina foi realizada, nos dias 15 e 16 de julho de 2021, reunindo participantes – na modalidade híbrida (presencial e virtual) – de organizações comunitárias, condutores e operadores (trade) que atuam nas unidades de conservação (UCs) do mosaico.

As oficinas integram o projeto Rotas e Pegadas: caminhos integrados para o desenvolvimento do baixo rio Negro, coordenado pela Fundação Vitória Amazônica, em parceria com diversas organizações de base comunitárias do Mosaico do Baixo Rio Negro, financiado pelo Projeto LIRA – Legado Integrado da Região Amazônica, do IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, por meio do Fundo Amazônia e Fundação Gordon e Betty Moore.

Expedições de campo

Além das oficinas, também já foram realizadas pela equipe do projeto, duas expedição de campo, no ano passado, para as unidades de conservação do mosaico, um no período da cheia (julho) e outra na seca (novembro). As expedições percorreram reservas de desenvolvimento sustentável (RDS), áreas de proteção ambiental (APA) e parques nacionais e estaduais que compõem o MBRN, visitando atrativos, comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas com a finalidade de mapear as iniciativas, estruturas e serviços turísticos existentes na região.

Todas as visitas foram feitas com a adoção dos protocolos de proteção com o uso obrigatório de máscaras, álcool-gel e distanciamento físico a fim de combater a contaminação por Covid-19 que ainda é uma realidade. Registra-se também o fato de que toda a equipe de campo estava imunizada com duas doses da vacina.